Michele Daiana: Agosto 2012

TUMBLR: Mais um vício!


Sou apaixonada por fotografia, moda, diferentes estilos, gatos, fotos em preto e branco, etc! E todas estas minhas paixões ganharam um tumblr cada! Já tenho 5 tumblr! É de mais? Talvez! Então resolvi fazer este post para falar sobre cada um deles!


Tumblr onde posto textos e frases da minha autoria.


Tumblr dedicado apenas para fotografias em preto e branco.


Bom, este é o inverso do anterior, apenas para fotografias coloridas.


Este é apenas para postar coisas fofas, fotografias de animais e principalmente gatos.


E por ultimo o meu favorito! Este eu posto fotos de moda, estilo alternativo, hipster, cabelos coloridos. tatuagens, etc!

Gostaram? Quem tem tumblr me segue lá ^^


D.I.Y: Shorts Jeans Customizados


Tenho várias calças jeans velhas que não uso tem um tempo, e decide fazer shorts customizados! Busquei várias idéias legais para me inspirar, espero que curtam também e animem-se a customizar o seu!


Este vídeo é em inglês, mais da para entender direitinho =D



Inspiração: Cabelos cacheados

Meu cabelo é assumidamente cacheado, e eu amo! Apesar do trabalho extra que ele me da! Então ta ai alguns cabelos para inspirar!



Indicação musical: Angus e Julia Stone


Angus & Julia Stone é um dueto formado por um casal de irmãos de Newport, norte de Sydney, Austrália. Seu primeiro EP, Chocolates and Cigarettes, foi lançado em 2006 na Austrália pela gravadora EMI e no Reino Unido pela gravadora Independiente. Angus e Julia começaram a colaborar nos seus esforços musicais no começo de 2006. Antes disso, ambos faziam performances como artistas solo, mas cada um usava o outro como voz de fundo. Em termos de composições, eles escrevem separadamente, e então trabalham juntos na estrutura e na harmonia. Ambos possuem estilos vocais distintos. Em 2008, publicaram o albúm que os lançou para o mundo do estrelato, A Book Like Thise dois anos mais tarde, em 2010, lançaram o seu mais recente albúm,"Down The way".  As musicas da Julia também são incríveis!
Veja minhas favoritas!



Em manutenção


A chuva me traz uma melancolia boa. Faz lembrar das coisas que se foram e pensar nas que estão por vir. Acordei despreocupada com os efeitos (seriam defeitos?) que a chuva me causaria. Saí abraçando os pingos e o vento. Enquanto sentia a chuva fina geladinha me desviava de qualquer preocupação. Eu estava completamente livre (e sem me preocupar se a escova que fiz no cabelo iria para o beleléu).
De vez em quando sinto algumas falhas. Deve ser porque penso demais. Meu pensamento, apressado, corre a passos largos e intensos. Quase me derruba. Mas eu aguento (ou pelo menos tento). Ando parecida com o mar em dias de fúria: meio mexida. Tudo anda se ajustando e adaptando dentro de mim.
Acho que a vida é uma eterna adaptação. E, frequentemente, me sinto não adequada. Com uma sensação de não pertencer a este mundo. Um mundo maluco, onde as pessoas passam fome, onde atropelam crianças de dois anos sem a menor cerimônia, sem prestar socorro, com desprezo, sem amor. Onde um tenta sempre ser melhor que o outro. Onde as pessoas tentam te puxar para baixo. Onde todo mundo quer se dar bem. Onde existe malícia demais, arrogância demais, maldade demais, cinismo demais.
Às vezes me assusto. É que todo mundo se preocupa com o lado de fora. Eu me preocupo com o lado de dentro. Aquele que mesmo em silêncio grita. Aquele que tenta nos dizer coisas que nem sempre queremos ouvir. Aquele que pulsa, luta, retruca. Aquele que carrega a nossa essência.
Sou vaidosa, mas não deixo a vaidade tomar conta de mim. Não me preocupo com o material. Se você me levar para jantar um cachorro-quente eu vou adorar. É claro que gosto de restaurantes mais sofisticados. Mas não sou uma louca fresca que só fica em hotel de luxo, come lagosta e compra um par de sapatos por dia. Ao invés de consumir loucamente, prefiro comprar comida para o velhinho de cadeira de rodas que fica quase na frente do meu prédio. Prefiro comprar sanduíches e suco para as crianças que ficam pedindo uma moeda de cinquenta centavos na esquina ali de casa.
Cada um tem a sua necessidade. Eu prefiro me doar nem que seja um pouco para os outros. Isso me lembra uma história curiosa. Quando recebi meu primeiro (e baixo) salário saí feliz da vida direto para as lojas. Comprei presente para minha mãe, meu pai e meu namorado. E depois fui em uma creche. Levei brinquedos, leite em pó e pirulitos. Não comprei nada para mim. Pra quê? Não precisava. Eu tinha tudo: família e amor.


Eu me agrado agradando os outros. Pode soar estranho, mas é verdade. Gosto de presentear as pessoas que são importantes na minha vida. Gosto de ver o sorriso delas. Isso faz com que eu me sinta bem de verdade: ajudar desconhecidos e conhecidos. Mas chega um ponto em que me pergunto: por que tudo isso? Antes de dar a mão para alguém a gente precisa se dar a mão. Fico compensando minhas falhas e vazios enchendo os outros de algum afeto. Será que não tenho que olhar mais para o meu lado de dentro? Será que não tenho que me encher de mimos? Não falo de coisas que podemos comprar, falo do invisível.
Por esses motivos ando meio mexida. Pensativa. Refletindo sobre passado, presente, futuro. Vendo o que quero, o que espero para daqui a cinco anos. Quero essa vida que levo hoje? Quero continuar cometendo os mesmos erros? Quero estar com esses mesmos defeitos? O que eu quero exatamente? Ainda não tenho essas respostas. Como eu disse lá em cima: por enquanto, tudo anda se ajustando e adaptando dentro de mim.
Sobre a autora: Clarrissa Corrêa  é escritora e redatora publicitária, gaúcha e escreve na coluna Confusões e Confissões  da revista TPM.

Morra de fofura

As duas criaturas mais amadas que eu já vi juntas, bebê e gato. Sério, gente eu chorei de tanta fofura e nem sei qual eu quero mais, bebê ou gato! Aaah quero os dois logo!



Quero fazer uma tatuagem!


Fazer uma tatuagem é um passo muito importante, que deve ser em pensado bastante a respeito. Porque é uma coisa que você irá carregar para o resto da vida! Caso mais tarde se arrependa, gastará três vezes mais o valor da tatuagem para apaga-lá, fora o trabalho e a dor desnecessária! Fiz uma tatuagem aos 15 anos que um tempo depois me arrependi muito. Fiz uma tattoo baseada no momento que eu estava vivendo, mas eu esqueci que momentos passam e a nossa cabeça muda constantemente. Eu não apaguei a tatuagem, apenas cobri ela com outra. Era uma tatuagem pequena, e por isso pude esconde-lá, mas dificilmente você irá conseguir cobrir uma grande tatuagem, Então, pense bem, bem antes e se você ainda estiver com qualquer tipo de duvida, não faça! Espere, até que você tenha certeza da sua escolha.
E claro, escolha um bom profissional. Você não vai querer um desenho mal feito né? Nem pegar alguma doença com aparelhos mal esterilizados, então pesquise bem o profissional antes de fazer sua tatuagem. Depois de feita, siga as recomendações para a cicatrização e não esqueça, passe SEMPRE filtro solar na tatuagem para que ela não perca a coloração! Pense no futuro, se imagine com a tatuagem, pergunte-se: eu vou querer que isso me acompanhe o resto da minha vida?

Minhas tatuagens: 



INSPIRE-SE:




Nostalgia: Os 3 Animes que marcaram minha infância

Eu cresci assistindo animes. Acordava cedo e passava horas na frente da televisão assistindo os meus favoritos. Samurai X, Pokemon,Cavaleiros do Zodíaco, Evangelion...e até os meus 20 anos eu continuei assistindo. Era apaixonada por Elfen Lied. Hoje já não assisto mais por falta de tempo e o pouco tempo que me resta eu passo assistindo seriados ... Mas animes sempre vão ter um lugar especial reservados para mim, pois me marcaram muito! O que me levou a fazer este post é que sou uma eterna fã de Sailor Moon e fiquei sabendo está semana que o anime ganhou uma nova adaptação que irá ao ar em 2013! Eu como fã fiquei curiosa e ansiosa, pois com certeza quero muito assistir!Ainda não há muitas informações, mais aguardo ansiosa e pretendo conta-lás aqui no Blog! Até resolvi fazer este post com os 3 animes que marcaram minha infância: Sailor Moon, Sakura Card Captors e Gerreiras Mágicas de Rayearth. <3

1º- Sailor Moon


Sailor Moon com certeza foi o mais marcante para mim! Além de eu não perder nenhum episódio, colecionava também os mangás e as bonecas todas (que infelizmente se perderam com o tempo). 

Sailor Moon no Brasil, é uma série de mangás criada por Naoko Takeuchi para a revista Nakayoshi da editora Kodansha e adaptada como série de anime pela Toei Animation, para musical em 1993 e como série live-action em 2003. O mangá conta com 18 edições encadernadas, sendo lançada em 2003 uma versão reeditada pela autora com arte e diálogos novos, mas a mesma história, em 12 volumes e dois especiais, com mais páginas por volume. A série é baseada em uma outra história produzida anteriormente por Naoko Takeuchi: Codename wa Sailor V que tinha como protagonista Minako Aino. Esta contém três volumes, mas em 2004 a autora relançou o mangá em dois volumes revisados, com mais páginas por volumes.
O anime possui 200 episódios distribuídos em cinco fases: Sailor Moon, Sailor Moon R (Return), Sailor Moon S (Super), Sailor Moon SuperS (Super Senshi) e Sailor Stars. Foi produzido pela Toei Animation, a mesma empresa de Os Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball.
Em 1993, a série foi adaptada para o teatro em um musical, Sailor Moon Musical, mais conhecido como Sera Myu pelos japoneses. Esse musical durou até o inverno de 2005. E em 2003, a série foi adaptada para o formato live-action, chamado Pretty Guardian Sailor Moon. Teve 49 episódios para televisão e dois especiais em vídeo.
No dia 06 de julho de 2012 (dia do aniversário de 20 anos da série), foi confirmado pela Naoko Takeuchi que em 2013 será produzido, pela Toei Animation, uma nova série de Sailor Moon, recontando a história do mangá. FONTE: Wikipédia


2º- Sakura Card Captors


Sakura também era um anime muito fofo que eu adorava assistir, porém eu já não era tão viciada como Sailor Moon!
Sakura, a Caçadora de Cartas, é uma série de mangá do gênero mahō shōjo criada pelo grupo CLAMP e serializada na revista Nakayoshi, com 12 volumes, de 1996 a 2000. Foi adaptado a uma série de anime pelo estúdio Madhouse, somando 70 episódios (divididos por três temporadas), 2 filmes e alguns especiais.
No Brasil foi exibido no canal a cabo Cartoon Network, na Rede Globo e no canal a cabo Boomerang. A série de mangá foi publicada pela JBC, com 24 volumes no formato meio-tankobon.
Na América do Norte (menos México), a série foi exibida sob o nome de Cardcaptors, e sofreu uma americanização, feita pela empresacanadense Nelvana, que fez várias modificações no enredo, nomes dos personagens e trilha sonora. Nos outros países falantes de língua inglesa, a série foi exibida na íntegra.
Cardcaptor Sakura conta a história de Sakura Kinomoto, uma garota de 10 anos que liberta acidentalmente um conjunto de cartas mágicas chamadas Cartas Clow. Seu trabalho então, é reunir todas elas antes de essas causarem transtornos à cidade onde ela vive. FONTE: Wikipédia

3º- Guerreiras Mágicas de Rayearth



Esse eu não me recordo muito bem dos episódios, mas sempre que assisto me traz uma grande nostalgia, faz muito tempo mesmo que assisti e era mais um dos meus favoritos!

A série teve 50 episódios divididos em duas fases, sendo a primeira com 20 episódios, segunda com 29 episódios e 1 especial (não passou no Brasil). Três garotas, estudantes do colegial, encontram-se por acaso na Torre de Tokyo, durante um passeio escolar. São elas Shidou Hikaru, Ryuuzaki Umi e Hououji Fuu. Subtamente as três escutam uma voz clamando por elas e, em seguida, uma luz muito brilhante as envolve e, antes que elas possam perceber o que esta contecendo, são transportadas para o mundo de Cephiro, uma terra de magia, onde o poder da vontade é o pilar principal de toda a existência.
Ao chegar neste estranho mundo elas encontram com Cleff, uma pessoa de aparência jovem e vestimentas "diferentes", ele lhes diz que foram invocadas a este mundo a fim de dar cumprimento a uma antiga lenda, se tornarem as Guerreiras Mágicas e salvar o mundo de Cephiro, que por causa do aprisionamento da princesa Esmeralda pelo Sumo Sacerdote Zagato, estava caindo em ruínas e monstros estavam a se espalhar por toda a parte.
Sem muitas explicações, as três dão início a essa incrível jornada para conseguirem se tornar em definitivo as lendárias Guerreiras Mágicas e assim salvar o mundo de Cephiro.



Looks no chão


Na pressa de ir para a escola, trabalho e festas jogamos todas as roupas em cima da cama e montamos os looks ali mesmo, principalmente eu que não tenho muita paciência para experimentar várias roupas! Montar os looks no chão é muito mais prático! Faço isso constantemente para ir trabalhar!  Monto o look a noite, e pela manhã eu só visto (porque eu sempre acordo atrasada e sem tempo para procurar roupa!). Separei alguns que encontrei no Tumblr e We heart it para se inspirarem =D

Curtiram a idéia?!